sábado, 1 de novembro de 2008

Germinar Sementes


Vamos despertar?
A base da Alimentação Viva são as sementes e grãos germinados, e é muito fácil germinar em casa. Quando compramos as sementes no mercado, elas estão duras e secas, elas estão dormindo seu “sono de beleza”, estão quietinhas, esperando que alguém as compre. Se você cozinha as sementes você destrói todas, e destrói toda a energia vital e todas a informação dentro delas, informações importantes, informações sobre você e sobre o planeta, mas se você as ajuda a despertar, germinando as sementes, elas são potencializadas em sua vitalidade, energia e em nutrientes também, e quando você come elas, você recebe toda essa energia, vitalidade e nutrientes em você, e você desperta assim como elas. As sementes fazem tudo isso por nós, sem cobrar nada, a não ser um pouco de água, digamos alguns “banhozinhos” para ajudar as sementes a se refrescar e acordar.

Como germinar grãos:
Colocamos de uma a três colheres de sopa de grãos num vidro e cobrimos com água limpa.
Deixamos de molho por uma noite (8 horas).
Cobrimos o vidro com um pedaço de filó e prendemos com um elástico. Despejamos a água e enxaguamos bem sob a torneira.
Colocamos o vidro inclinado num escorredor num lugar sombreado e fresco
Enxagüamos pela manhã e à noite. Nos dias quentes é preciso lavar mais vezes
A regra básica é: 8 horas na água e 8 horas no ar, mas alguns grãos iniciam sua germinação em períodos variáveis, a linhaça por exemplo demora mais, conforme o clima, convivendo com as sementes iremos conhecendo seus tempos de germinação, pois isso depende até da região onde moramos. Em geral estão com a sua potência máxima logo que sinalizam o processo do nascimento (mostrando o narizinho), quando ficam prontos para serem consumidos.

Sugestões de sementes:
Todas as sementes são comestíveis, tanto pelo homem como pelos pássaros: girassol, painço, niger, colza, aveia, trigo, linhaça, arroz, soja, centeio, gergelim, grão de bico, amendoim, lentilha, nozes, castanha do Pará, amêndoas, ervilha, quinua, feno-grego, côco seco, etc.
Beijos Clorofilados pra Todos



5 comentários:

Super Elisângela disse...

Para entender melhor assista o vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=6jWJZS3lLkc

Karen disse...

Oi querida,
Nossa... que blog mais lindo.. não imaginei que era tão legal... com tanta informação.
Você está de parabéns !!!
Olha vou fazer essa salada... depois comento aqui ... rsssss

Beijãoooo e continue acrestando suas deliciosas receitas, vou ficar de olho....

Obs: Vocês deveriam abrir um restaurante vegetariano.... *;*

Vera disse...

Adorei seu blog, é feito com muito amor.
Uma perguntinha: onde eu encontro o coador que vc usa para fazer o suco verde.
Abraços
Vera

Super Elisângela disse...

Amiga Vera!

O Coador eu mesma fiz, depois que participei de um curso e comprei um, então usei esse de base para fazer alguns pra mim, o tecido é voil (voal), o fio é elástico, e tem um terminalzinho que prende as duas pontas, corta o tecido em formato de um círculo grande (maior que a bacia que vc vai usar para coar o suco) faz uns buraquinho nas bordas (usando incenso) pra passar o elástico e pronto!!

abraços

tina disse...

elizangela, porque a linhaça nao germina ?? preciso saber,e a primeira vez que me acontece=nao germinaram =painço nem a linhaça...